segunda-feira, 28 de setembro de 2015

História de Bragança Paulista, São Paulo – SP

Histórico do Município: Bragança Paulista, São Paulo – SP
Gentílico: bragantino

Antônio Pires Pimentel e sua esposa Ignácia da Silva Pimentel, moradores no então Distrito de Atibaia, em cumprimento de uma promessa, constróem uma capela em louvor a Nossa Senhora da Conceição, numa colina, à margem direita do Ribeirão Canivete (hoje, Lavapés, pequeno afluente do Rio Jaguary). Segundo se tem conhecimento, Antônio Pires Pimentel, estava doente e desenganado pêlos médicos.

Então, sua esposa fez uma promessa a Nossa Senhora da Conceição pela recuperação do marido, alcançando a graça.Em agradecimento, o casal construiu a capela no alto da colina para venerar a santa. E aquele local, a partir de então, começou a servir de passagem e descanso para tropeiros. E começaram a surgir, ao redor da capela, ranchos e barracas. Assim teve inicio o pequeno povoado que recebeu o nome de Conceição do Jaguary e que tem como data de fundação o dia 15 de dezembro de 1763.

Formação Administrativa

Freguesia criada com a denominação de Bragança, por Alvará de 13-02-1765. Subordinado ao município de São Paulo. 
Elevado à categoria de vila com a denominação de Bragança, por ordem Régia de 17-10-1797, desmembrado de Atibaia. Sede na Vila de Bragança. Constituído do distrito sede. Instalado em 29-11-1797.
Elevado à condição de cidade com a denominação de Bragança, pela Lei Provincial n.º 21 ou 541, de 24-04-1856.
Pela Lei Estadual n.º 858, de 05-12-1902, é criado o distrito de Tuiuti e anexado ao município de Bragança.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 2 distritos: Bragança e Tuiuti.
Pela Lei Estadual n.º 2.369, de 30-11-1929, foram criados os distritos de Pedra Grande e Vargem e anexados ao município de Bragança.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município de Bragança é constituído de 4 distritos: Bragança, Pedra Grande, Tuiuti e Vargem.
Pela Lei Estadual n.º 2.784, de 23-12-1936, é criado o distrito de Pinhal e anexado ao município de Bragança.
Em divisões territoriais datadas de 31-12-1936 e 31-12-1937, o município é constituído de 5 distritos: Bragança, Pedra Grande, Pinhal, Tuiuti e Vargem.
Pelo Decreto Estadual n.º 9.775, de 30-11-1938, o distrito de Pinhal passou a denominar-se Pinhalzinho.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município de Bragança é constituído de 5 distritos: Bragança, Pedra Grande, Pinhalzinho (ex-Pinhal), Tuiuti e Vargem.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 14.334, de 30-11-1944, o município de Bragança passou a denominar-se Bragança Paulista e o distrito de Pedra Grande a chamar-se Pedra Bela.
Em divisão territorial datado de 01-07-1950, o município já denominado Bragança Paulista é constituído 5 distritos: Bragança Paulista (ex-Bragança), Pedra Bela (ex-Pedra Grande) Pinhalzinho, Tuiuti e Vargem.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-07-1960.
Pela Lei Estadual n.º 8.092, de 28-02-1964, é desmembrado do município de Bragança Paulista os distritos de Pedra Bela e Pinhalzinho, elevados à categoria de município. 
Em divisão territorial datada de 01-01-1979, o município é constituído de 3 distritos: Bragança Paulista, Tuiuti e Vargem.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1988.
Pela Lei Estadual n.º 7.644, de 30-12-1991, são desmembrados do município de Bragança Paulista os distritos de Tuiuti e Vargem elevando-os à categoria de município. 
Em divisão territorial datada de 1995, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Fonte: Biblioteca do IBGE.

Nenhum comentário: