segunda-feira, 21 de setembro de 2015

História de Boituva, São Paulo – SP

Histórico do Município: Boituva, São Paulo – SP
Gentílico: boituvense

O povoado teve origem na propriedade de João Rodrigues Leite, doador do terreno em que a Estrada de Ferro Sorocabana, hoje FEPASA, construiu, em 1883, a estação terminal e dependências de sua ferrovia, denominando-a Boituva, cujo nome em linguagem indígena significa ?muitas cobras?( Boi=cobra, Tuva=muita). 

Com a estação, foram se concentrando, ao seu redor, muitos povoadores entre os quais estavam as famílias de Eugênio Furtado Corte Real, Nicolau Vercellino e Coronel José Campos Arruda Botelho. 
O Coronel Arruda Botelho conseguiu a criação do Distrito policial de Boituva, no Município de Porto Feliz, e a criação do Distrito de Paz, em 1906, quando doou à comarca, parte do terreno para o cemitério, no povoado. 
Aspecto da rua princial de Boituva. Rua Coronel Eugênio Mota (SP) - 1958
Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Boituva, por Lei Estadual nº 1014, de 16 de outubro de 1906, no Município de Porto Feliz. 
Segundo as divisões administrativas do Brasil, referentes aos anos de 1911 e 1933, bem como a territorial datada de 31-XII-1936, o Distrito de Boituva pertence ao Município de Porto Feliz. 
Elevado à categoria de município com a denominação de Boituva, por Lei Estadual nº 3045, de 06 de setembro de 1937, desmembrado de Porto Feliz. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou­se no dia 01 de janeiro de 1938. 
No quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, e no fixado pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, para vigorar no quinquênio 1939-1943, Boituva figura, unicamente, com o Distrito da Sede. 
De acordo com o Decreto-lei Estadual no 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro da divisão territorial judiciário-administrativa do Estado de São Paulo, em vigor no período 1945-1948, Boituva passou a abranger o novo Distrito de Iperó, Constituído com partes dos territórios dos Distritos de Boituva e Araçoiaba da Serra (ex-Campo Largo), dos Municípios destes nomes. Assim por força do citado decreto, o Município de Boituva compõe-se dos Distritos de Boituva e Iperó. 
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-VII-1960, o município é constituído de 2 Distritos: Boituva e Iperó. 
Lei Estadual nº 8092, de 28 de fevereiro de 1964, desmembra do Município de Boituva o Distrito de Iperó. 
Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído do Distrito Sede. 
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.

Fonte: Biblioteca do IBGE.

Nenhum comentário: