segunda-feira, 17 de agosto de 2015

História de Porto Acre, Acre – AC

Histórico do Município: Porto Acre, Acre – AC
Gentílico: portoacrense.

Ocupado por migrantes nordestinos no século XIX e tendo como atrativo a extração da borracha, o município de Porto Acre apresenta-se no contexto histórico do estado como marco na luta pela independência de seu povo.
Fundada em 3 de janeiro de 1899 pelo Ministro Plenipotenciário José Paravicini, sob a égide do Presidente da República da Bolívia, com o nome de Puerto Alonso.

Com a expulsão dos bolivianos e a proclamação, por Galvez, da República do Acre, passa a ser sede do governo e denominar-se Porto Acre.

Com a deposição e prisão de Galvez por ordem do Presidente do Brasil, Campos Sales, retornam os bolivianos e a cidade volta a ser Puerto Alonso.

Em 24 de janeiro de 1903, com a rendição das tropas bolivianas, após uma sucessão de vitórias acreanas, Plácido de Castro ocupa definitivamente o povoado que passa a denominar-se Cidade do Acre, depois Porto Acre.

Formação Administrativa
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, figura no município de Rio Branco o distrito de Porto Acre.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Elevado à categoria de município com a denominação de Porto Acre, pela Lei Estadual n.º 1.030, de 28-04-1992, alterado em seus limites, pela Lei Estadual n.º 1.065, de 09-12-1992, desmembrado de Rio Branco. Sede no antigo distrito de Porto Acre. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1993.
Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: Biblioteca do IBGE.

Nenhum comentário: