quinta-feira, 13 de agosto de 2015

História de Buri, São Paulo – SP

Histórico do Município: Buri, São Paulo – SP
Gentílico: buriense

Por volta de 1782, Ignácio Xavier Luiz instalou-se com numerosa família à margem esquerda do rio Apiaí-Guaçu, tendo o mesmo recebido carta de Sesmaria das terras adjacentes. 

Joaquim Bolina de Barros, descendente do sesmeiro, doou em 1885, uma área para a primeira capela, cujo orago foi São Rafael. 

Por volta de 1885, foi construída a Igreja de São Roque, atual Matriz, sendo seus construtores José Antônio de Barros e Deodoro Pires. 

Na época da proclamação da República, Buri era apenas um povoado com a denominação de Porto do Apiaí, ponto obrigatório de parada e pouso dos tropeiros que vinham do sul, demandando a Itapetininga e Sorocaba. Nesse local a travessia do rio era feita a nado, mais tarde por balsa, e muito depois, construiu-se uma ponte. 

No pequeno povoado foi instalado um Distrito policial, do Município de Itapeva.Em 1907, as linhas férreas da Sorocabana passaram a atravessar as terras do povoado, datando daí sua evolução. Ainda nesse ano foi criado o Distrito de Paz, já com a denominação de Buri, derivado da palavra buriti, tipo de palmeira que havia em abundância pelos campos da região. 

Conseguida sua autonomia, em 1921, Buri atravessou uma fase de grande progresso contornando, inclusive as dificuldades acarretadas pela paralisação da comunicação rodoviária com Capão Bonito, cuja atividade comercial era feita pela estação ferroviária local.

Em 1932, eclodiu a Revolução Constitucionalista, sendo a Cidade ocupada pelas forças revolucionárias. Passado o movimento, reiniciaram as atividades agrícolas e comerciais, novamente integrando o povo buriense na luta pelo progresso. 

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Buri, por Lei Estadual no 1101, de 20 de novembro de 1907, no Município de Faxina. 
Segundo a divisão administrativa referente ao ano de 1911, o referido Distrito figura no Município de Faxina. 
Elevado à categoria de município com a denominação de Buri, por Lei Estadual nº 1805, de 01 de dezembro de 1921, desmembrado de Faxina constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 25 de janeiro de 1922. 
Lei Estadual no 2130, de 05 de agosto de 1926, cria o Distrito de Aracaçu e incorpora ao Município de Buri. 
Na divisão administrativa correspondente ao ano de 1933, o município figura com 2 Distritos: Buri e Aracaçu. 
De acordo com as divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, e o quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, Buri se compõe de 2 Distritos: de Buri e Aracaçu. 
Assim permanecendo nos fixados pelos Decretos Estaduais de nos 9775, de 30 de novembro de 1938, e 14334, de 30 de novembro de 1944, para vigorarem, respectivamente, no qüinqüênio 1939-1943 e em 1945-1948. 
Em divisão territorial datada de 01-VII-1960, o município é constituído de 2 Distritos: Buri e Aracaçu. 
Assim permanecendo em divisão territorial datada em 15-VII-1999.

Fonte: Biblioteca do IBGE.

Nenhum comentário: