domingo, 9 de agosto de 2015

História de Bertioga, São Paulo – SP

 Histórico do Município: Bertioga, São Paulo – SP
Gentílico: bertioguense

A história de Bertioga está ligada à construção do Forte de São Tiago, ordenada, em 1532, por Martim Afonso de Souza. Originariamente, uma paliçada de madeira tinha como objetivo proteger a entrada da Barra da Bertioga dos ataques indígenas e das incursões francesas. Por volta de 1557, devido aos danos causados pelos freqüentes ataques dos indígenas, a capitania de São Vicente mandou substituir essa paliçada por uma construção de alvenaria de pedra e cal.

Nessa época, já havia se instalado um núcleo de povoamento na linha da praia, defendida pelo outeiro de Buriquioca (do tupi-guarani, ″morada dos macacos″), mais tarde conhecido por Morro da Senhoria. Em 1710, o forte sofreu novos reparos e, em 1765, ganhou uma capela e mudou então o nome para São João. Assumiu sua forma atual em 1817, com a intervenção do oficial José Felizardo.

O forte centralizou o desenvolvimento de um povoado de pescadores e depois do balneário da Bertioga. Administrativamente, Bertioga foi distrito do município de Santos, com sede no povoado de Bertioga, a partir de 30 de novembro de 1944. Adquiriu autonomia política em 30 de dezembro de 1991. 

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Bertioga, pelo decreto-lei estadual nº 14334, de 30-11-1944, subordinado ao município de Santos.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito de Bertioga figura no município de Santos. 
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1988. 
Elevado à categoria de município com a denominação de Bertioga, pela lei estadual nº 7644 de 30-12-1991, desmembrado de Santos. Sede no antigo distrito Bertioga. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1993.
Em divisão territorial datada de 1997, o município é constituído do distrito sede. 
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Fonte: Biblioteca do IBGE.

Nenhum comentário: