sexta-feira, 28 de agosto de 2015

História de Avaré, São Paulo – SP

Histórico do Município: Avaré, São Paulo – SP
Gentílico: avareense 

O Povoado nasceu com a capela em louvor a Nossa Senhora das Dores, sendo logo conhecida como “Capela do Major”, em virtude de o Major Vitoriano de Souza Rocha, que residia próximo ao templo, encarregar-se de convidar os moradores da redondeza, para as missas aos domingos. 

O clima festivo, animado pelo violeiro Biriba, atraiu os povoadores e, em 1865, o recenseamento policial, realizado pelo Delegado de Polícia de Botucatu, acusou 18 casebres e 83 habitantes. 

Em 1866 foi criado o Distrito policial de Nossa Senhora das Dores do Rio Novo, sendo nomeado o Major Vitoriano para subdelegado e, em 1870 foi transformado em Distrito de Paz. 

O Bispo de São Paulo criou, em 1870, a Paróquia de Nossa Senhora das Dores do Rio Novo. 

Em 1891, o Presidente da Câmara Municipal de Rio Novo levou ao chefe do Governo do Estado uma petição da municipalidade, requerendo a mudança de nome para Avaré, o mesmo que os indígenas davam ao rio em cujo vale se achava a localidade. 

Avaré na língua indígena significa “missionário”, nome de um monte avistado ao longe onde, segundo a lenda fora encontrado um monge quando os posseiros ali penetraram. 
Vista parcial de Avaré (SP) - 1957.
Formação Administrativa 

Distrito criado com a denominação de Nossa Senhora do Rio Novo, pela lei provincial nº 63, de 07-04-1870, subordinado a município de Botucatu. 

Elevado à categoria de vila com a denominação de Nossa Senhora do Rio Novo, pela lei provincial nº 15, de 07-07-1875, desmembrado de Botucatu. Sede na antiga povoação de Nossa Senhora do Rio Novo. Constituído do distrito Sede. Instalado em 02-03-1876. 

Elevado à condição de cidade com a denominação Nossa Senhora do Rio Novo, pelo decreto estadual nº 180, de 29-05-1891. 

Pelo decreto estadual nº. 202, de 06-06-1891, o município de Nossa Senhora do Rio Novo tomou a denominação de Avaré. 

Pela lei nº 615, de 06-06-1899, é criado o distrito de Cerqueira Cesar e anexado ao município de Avaré (ex- Nossa Senhora do Rio Novo). 

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município de Avaré é constituído de 2 distritos: Avaré e Cerqueira César. 

Pela lei estadual nº 1556, de 10-10-1917, desmembra do município de Avaré o distrito de Cerqueira César. Elevado à categoria de município. 

Nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920, o município é constituído do distrito sede. 

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. 

Pelo decreto-lei estadual nº 14334, de 30-11-1944, é criado o distrito de Arandu e anexado ao município de Avaré. 

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Avaré e Arandu. 

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1963. 

Pela lei estadual nº 8092, de 28-02-1964, desmembra do município de Avaré o distrito de Arandu. Elevado à categoria de município. 

Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído do distrito sede. 

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009. 

Alteração toponímica municipal 

Nossa Senhora do Rio Novo para Avaré, alterado pelo decreto estadual nº. 202, de 06-06-1891.

Fonte: Biblioteca do IBGE.

Nenhum comentário: