quarta-feira, 8 de julho de 2015

Placa Tectônica

Uma placa tectônica é uma porção da litosfera limitada por zonas de convergência, zonas de subducção e zonas conservativas. A Terra atualmente tem placas tectônicas principais e muitas sub-placas de menores dimensões.  Entre as principais estão:

  • Placa Africana 
  • Placa da Antártida 
  • Placa Arábica Placa Australiana 
  • Placa das Caraíbas 
  • Placa de Cocos 
  • Placa Euroasiática 
  • Placa das Filipinas 
  • Placa  Placa Juan de Fuca 
  • Placa de Nazca 
  • Placa Norte-americana 
  • Placa do Pacífico Placa de Scotia 
  • Placa Sul-americana
Segundo a teoria da tectônica de placas, as placas tectônicas são criadas nas zonas de divergência, ou "zonas de rifte", e são consumidas em zonas de subducção. É nas zonas de fronteira entre placas que se regista a grande maioria dos terremotos e erupções vulcânicas.

Placas Tectônicas do mundo

Limites das placas tectônicas

São três os tipos principais de limites de placas, caracterizados pelo modo como as placas se deslocam umas relativamente às outras, aos quais estão associados diferentes tipos de fenômenos de superfície: 
  • Limites transformantes ou conservativos - ocorrem quando as placas deslizam ou mais precisamente roçam uma na outra, ao longo de falhas transformantes. 
  • O movimento relativo das duas placas pode ser direito ou esquerdo, consoante se efetue para a direita ou para a esquerda de um observador colocado num dos lados da falha. 
  • Limites divergentes ou construtivos – ocorrem quando duas placas se afastam uma da outra. 
  • Limites convergentes ou destrutivos – (também designados por margens ativas) ocorrem quando duas placas se movem uma em direção à outra, formando uma zona de subducção (se uma das placas mergulha sob a outra) ou uma cadeia montanhosa (se as placas simplesmente colidem e se comprimem uma contra a outra). 
Limite das placas tectônicas
Há limites de placas cuja situação é mais complexa, nos casos em que três ou mais placas se encontram, ocorrendo então uma mistura dos três tipos de limites anteriores.

Nenhum comentário: