sábado, 4 de julho de 2015

Coreia do Sul

COREIA DO SUL - País do sudeste asiático, banhado pelo Oceano Pacífico, localizado na porção meridional da Península da Coreia. Limita-se com a Coreia do Norte, China e Rússia. O topônimo Coreia deriva-se de Koryo, "alto e belo", nome da dinastia que governou o país de 918 a.C. até 1392 d.C.
Bandeira da Coreia do Sul
Mapa da Coreia do Sul
A península, que desde meados do Século XX está dividida em dois países, era um mesmo país, povoado originalmente por povos de linguagem tungu. Estes emigraram da Sibéria, estabelecendo-se, entre os Séculos X e VIII a.C., como diversos grupos tribais ao longo da península. O mais importante destes grupos foi o Antigo Choson, que se estabeleceu na bacia do Rio Taedong. Por volta do Século IV a.C., o povo choson aglutinou outras tribos, que estavam assentadas entre as bacias dos rios Liao e Taedong. No ano 108 a.C., o império chinês venceu os choson e os redividiu em quatro colônias chinesas: Tchen-fan, Hiuan-t'ou, Lin-toun e Lo-lang.

Mais tarde, a Coreia encontrou sua identidade e integridade política, embora acompanhasse o modelo de governo chinês, baseados no confucionismo.

A partir do Século I a.C., a península se dividiu em reinos rivais de Koguryo, Paeckche e Silla. Os três reinos se fundiram em um Estado, após sucessivas guerras, com o reino de Silla prevalecendo sobre os demais. Ao final do Século VII, o reino de Silla começou a declinar. Em 918, Wang Kong fundou Songak, (atual Kaesong, na Coreia do Norte) e, em 936, voltou a unificar a península, iniciando a dinastia Koryo, que dá nome ao país.

No Século XIII, Koryo foi invadida por mongóis, que passaram a ter grande influência na corte. Em 1392, Yi Song-gye fundou a dinastia Choson (Yi) que duraria até 1910. Neste ano, o Japão anexou a Coreia. Com o fim da II Guerra Mundial, o ideal coreano de uma nação unificada e independente parecia estar se concretizando. Entretanto, interesses políticos dividiram a península na altura do paralelo 38, com o norte sendo ocupado pelos soviéticos e o sul sob controle norte-americano.

Em 15 de agosto de 1948, foi criada a República da Coreia (nome oficial), com capital em Seul e sob influência política norte-americana. Syngman Rhee foi escolhido como primeiro presidente e esteve no poder por 14 anos. Os EUA apoiaram Rhee incondicionalmente, inclusive a sua intensa repressão a qualquer adversário, que era sumariamente preso e acusado de cooperar com a Coreia do Norte. Seu sucessor foi Huh Chung Tok, provisoriamente, até que um novo presidente fosse escolhido. 

A Coreia do Sul se desenvolveu no regime econômico capitalista. Passou por diversas instabilidades políticas, incluindo o assassinato do presidente Chung Hee Park, que se mantinha no poder por 18 anos, apesar de ter vencido eleições de forma considerada como fraudulenta.

Em junho de 2000 aconteceu pela primeira vez uma histórica conferência Norte-Sul, como parte da "política do Sol" sul-coreana. Isto apesar do recente temor acerca do programa de armas nucleares da Coreia do Norte.

Fonte: IBGE

Nenhum comentário: