quarta-feira, 15 de julho de 2015

Geografia de Viçosa (Minas Gerais)

Localização de Viçosa (Minas Gerais)


Viçosa é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Possui 76 745 habitantes. Viçosa está situada na região da Zona da Mata mineira, entre as Serras da Mantiqueira, do Caparaó e da Piedade. Apesar do relevo ser majoritariamente acidentado, Viçosa destaca-se pela sua verticalização, não observada nas cidades de porte equivalentes no estado de Minas Gerais, sendo considerada a quarta cidade com maior número de construções com mais de quatro pavimentos em todo o estado. Tem como coordenadas geográficas o paralelo de 20°45´14´´, latitude S, e o meridiano de 42°52´54´´, longitude W. 

Limita-se ao norte com os municípios de Teixeiras e Guaraciaba, ao sul com Paula Cândido e Coimbra, a leste com Cajuri e São Miguel do Anta e a oeste com Porto Firme.


Clima, relevo e hidrografia


O clima de Viçosa é tropical de altitude com aumento de chuvas durante o verão e temperatura média anual em torno de 19°C. No inverno, com as baixas temperaturas, a cidade experimenta um clima que faz as manhãs e o meio da noite oferecerem brisas muitos frias e com densa neblina, com temperatura mínima de 10°C. O inverno viçosense também é conhecido pelo ar seco provocado pela baixa umidade relativa do ar. O verão tem característica de chuvoso e a temperatura máxima chega a 30°C.

Curiosidade: Viçosa é conhecida por uma cidade fria e úmida, e tem como característica uma variação climática irregular em determinadas épocas do ano, tendo, "as quatro estações do ano em um único dia" de acordo com os habitantes e residentes da cidade. Outras curiosidades são as tempestades elétricas que costumam ser bem intensas na cidade e arredores, assim como as chuvas intensas com fortes rajadas de vento.

O centro da cidade encontra-se a uma altitude de 649 metros, o distrito de São José do Triunfo está a 674 metros acima do nível do mar e o distrito de Cachoeira de Santa Cruz tem uma altitude de 703 metros. O município de Viçosa caracteriza-se por estar no meio de um vale montanhoso e tem relevo predominantemente acidentado.

Vegetação


A vegetação original da região é do tipo floresta tropical subperenifólia e pertence ao ecossistema da Mata Atlântica. No processo de colonização, foi substituída pelo cultivo do café, que deixou marcas nos aspectos físicos da paisagem atual e na sócio-economia regional.

Atualmente, a cobertura vegetal predominante é o capim gordura, com manchas descontínuas de sapé. As matas secundárias ocupam os topos das elevações, formando capoeiras interruptas.

A agricultura, principalmente o cultivo de milho e feijão, é praticada nos vales, onde ocorre, também, a maior concentração urbana. As encostas são utilizadas para cafeicultura, fruticultura, pastagens e reflorestamento.

Nas últimas décadas, o reflorestamento com eucalipto e a retomada do cultivo de café em bases tecnológicas mais avançadas foram substancialmente intensificadas.

Nenhum comentário: