domingo, 8 de setembro de 2013

Nature Geoscience: cientistas dizem ter encontrado o maior vulcão do mundo nas águas do Oceano Pacífico

Com informações da Agência Lusa / EBC

Lisboa - Uma equipe de cientistas norte-americanos descobriu, sob das águas do oceano Pacífico, o que considera ser o maior vulcão do mundo, do tamanho das Ilhas Britânicas, publicou hoje a revista "Nature Geoscience".

O vulcão, com 310 mil quilômetros quadrados e 650 quilômetros de largura, está inativo há 140 milhões de anos, mas sua extensão permite aos peritos avaliar a quantidade de magma que está ocultada pela crosta terrestre.

Ilustração em 3D mostra forma e tamanho do vulcão Tamu MassifCrédito: IODP
O diretor da investigação, o geólogo William Sager, da Universidade de Houston, Texas, sustenta que a existência deste megavulcão demonstra que "na Terra existem vulcões semelhantes aos achados em Marte".

Veja a notícia no site da Nature Geoscience:
Em Marte, foi detetado um vulcão com a largura de 625 quilômetros que era, até agora, o maior do sistema solar.

O Tamu Massif, como foi designada a massa de lava do Pacífico, situa-se na parte noroeste do oceano, integrado no grande maciço de Shatsky Rise, a cerca de 1.500 quilômetros do Japão e a dois quilômetros de profundidade.

Acredita-se que se possa ter formado há 140 milhões de anos durante uma erupção e a lava depositou-se no fundo do mar, formando a atual estrutura, parecida com um escudo.

Os cientistas creem que as "raízes" do Tamu Massif avançam por cerca de 30 quilômetros na crosta terrestre contra apenas dois quilômetros do vulcão identificado em Marte.

O maior vulcão conhecido na Terra até então era o Mauna Loa, no Havaí, com uma área bem menor que a do Tamu Massif, embora seja mais alto, com nove quilômetros de altura desde o fundo do mar.

A medição do vulcão no Pacífico foi feita a partir de uma embarcação, com o recurso de disparo de armas de ar que criam ondas sísmicas, as quais penetram na montanha subaquática.

Direitos autorais: Creative Commons - CC BY 3.0

Nenhum comentário: