quinta-feira, 28 de março de 2013

Questão de Geografia - Vestibular - As diferenças socioeconômicas do mundo contemporâneo

Questão de Geografia da UERJ 2010 - Universidade do Estado do Rio de Janeiro - As diferenças socioeconômicas do mundo contemporâneo

A técnica de anamorfose, utilizada nas figuras abaixo, representa a área de cada país de forma proporcional à grandeza considerada, no caso, a distribuição social da renda.
Identifique um país com repartição equilibrada da riqueza e a região com maior disparidade na sua distribuição de renda. Apresente também duas causas socioeconômicas para a desigual distribuição de renda no Brasil.
Resolução comentada
Nos dois cartogramas estão representadas, pela técnica de anamorfose, as dimensões territoriais de cada país em proporção à parcela da renda mundial que está em poder dos 10% mais ricos ou dos 10% mais pobres dessas sociedades. A análise desses dois extremos da estrutura social, sob o ponto de vista da renda, permite inferir se a distribuição social da riqueza está ou não muito concentrada, nos diferentes países e regiões do globo.
A partir dessa ótica, é possível identificar os seguintes países com bom nível de distribuição da renda: Japão, Coreia do Sul, EUA, Canadá, Austrália, Nova Zelândia e os países da Europa Ocidental. O grande contraste entre a área da América Latina no primeiro e no segundo cartogramas indica a maior concentração de renda nessa região em relação às demais.
O Brasil se encontra entre as nações com processo bastante acentuado de concentração da riqueza, em função, dentre outras causas socioeconômicas, de sua concentração fundiária histórica, da debilidade dos serviços sociais públicos que oferece, do nível relativamente baixo de formalização de seus trabalhadores e do período prolongado de inflação elevada registrado no final do século XX.

Nenhum comentário: